Erro Número 1: Falta de Incenso de Olíbano.

Olá a todos,

Como prometido vou explicar os erros mais comuns que ocorrem quando se faz a amarração que explico aqui. Brevemente, depois de explicar detalhadamente todos os erros que podem ocorrer, vou ensinar maneiras de aumentar o poder da mesma.

Mas para já, vamos aos erros e enganos mais comuns, que serão postados ao ritmo de um por mensagem.

O primeiro, que me parece muito frequente, é a falta de uso de verdadeiro Olíbano Somalês.

grãos de olíbano

Na imagem: Grão de Olíbano.

Antes de mais quero explicitar bem a razão pela qual o Olíbano é tão importante aqui.

O Olíbano é o ingrediente central da amarração, é a oferenda que atrairá as entidades e as fará agir da maneira que queremos. Sem ele, elas simplesmente não vão fazer o que queremos, pois não terão razões nem incentivos para isso.

Desde a antiguidade que o Olíbano é sagrado. Tão sagrado que chegou a valer muito mais do que o seu peso em ouro!

recolha de olíbano

Na imagem: Recolha de Olíbano.

Na bíblia existem pelo menos duas passagens que explicitamente referem Olíbano. Uma delas é êxodo 30:34 em que o próprio Deus ensina a Moisés a composição do incenso sagrado. Adivinhe qual o principal ingrediente desse incenso sagrado? Olíbano Puro.

Numa outra passagem, Mateus 2:11, aprendemos que o Olíbano foi o presente oferecido por Balthasar, Rei de Saba, ao menino Jesus.

Por estas duas passagens pode perceber-se a importância e a sacracidade da resina de Olíbano, razão pela qual se utiliza nesta amarração como oferenda. É importante que seja Olíbano puro pois muitos incensos apenas contêm aroma sintético de Olíbano por ser muito mais barato. Esses incensos com aroma sintético de Olíbano não servem para o que queremos.

Porquê Olíbano da Somália?

A razão pela qual é preferivel o Olíbano da Somália é a de que este é considerado o mais puro, portanto o melhor para esta amarração.

Nomes pelos quais é conhecido:

Português:

Franquincenso

Olibano

Inglês:

Frankincense

Olibanum

Alemão:

Weihrauch

Brevemente postarei uma lista de locais ou contactos onde poderão facilmente obter Olíbano da Somália.

Relembrando: O Olíbano é o ingrediente central da amarração, é a oferenda que atrairá as entidades e as fará agir da maneira que queremos.

Fica assim concluído este post.

Cumprimentos,

Bom Feiticeiro.

Dúvidas da amarração e comunicado.

Boa noite,

Vou tentar então esclarecer as últimas dúvidas que ainda restam.

Os efeitos da amarração já foram falados e amplamente debatidos nos comentários, portanto não me vou debruçar sobre isso.

A respeito dos materiais:

– As velas negras: Têm de ser negras por dentro e por fora e não conterem nenhum aroma (essencia), o tamanho não importa, desde que seja razoável e que durem enquando são precisas.

– Papel e caneta: A caneta pode ser qualquer uma de cor azul ou preta, o papel pode ser de qualquer qualidade desde que seja limpo.

– Fotografia ou outra imagem: Penso que aqui não é preciso explicação, tem de ser usada uma imagem qualquer (pode ser cópia ou impressão) da pessoa a ser amarrada. Só dela.

– Incenso de Olíbano: O importante aqui é que seja mesmo Olíbano e não só o aroma do mesmo. O Olíbano só cresce em Africa, não existe Olíbano Brasileiro nem Português. Portanto não acreditem em Olíbano “nacional”. É preferivel o Olíbano da Somália pois assegura que seja da melhor qualidade possível. Pode, portanto, utilizar incenso em grãos – na hora de deitar na panela ou no caldeirão, podem deitar junto com o olíbano o tal carvão especial – se usarem olíbano em grãos.

– Sal: De cozinha, qualquer tamanho.

– Para acender as velas e o incenso pode sim usar um isqueiro, não têm de ser fósforos.

Outra coisa importante:

Anda uma apostila a circular que tem uma amarração “semelhante” a esta. Na verdade foi copiada deste site e modificada.Eu escrevi esta amarração. Sigam o que diz aqui e não o que diz nessa apostila e, acima de tudo, não coloquem o altar dentro do círculo.

A partir de hoje, vou voltar a estar mais presente aqui para responder mais rapidamente às vossas dúvidas e colocar mais simpatias e feitiços.
Cumprimentos,

Bom Feiticeiro.

A respeito da Amarração.

Neste dia 21 foi Lua-cheia. Pelo menos várias dezenas de amigos visitantes fizeram a amarração que aqui está colocada.

Devo dizer que não estou surpreendido com a popularidade que esta amarração alcançou. Já esperava.

A razão pela qual já esperava, é a de que a amarração realmente funciona, se feita correctamente.

Para dar força e esperança a todos que a fizeram nesta última lua-cheia, compilei, dos comentários, os testemunhos de sucesso. Aqui vão:

“Olá bom feiticeiro querido…
estou escrevendo para falar a todos que a o feitiço realmente funciona, fiz ele ontem (sexta feira) e ja consegui quem queria hj.. ele ja me procurou e ja estamos nos entendendo..
por isso acreditem, façam com fé e amor que tudo dará certo…
bjusss… querido amigo feiticeiro e a todos os que necessitam.. boa sorte…”

“Bom feiticeiro obrigada pela sua simpatia de amarração, funciona mesmo. Fiz tudinho o que o senhor mandou e hoje já vi resultados, meu namorado veio falar comigo e dizer que sentia minha falta e não podia viver mais sem mim e que vai deixar a outra. Tudo o que digo para as outras pessoas que ainda não conseguiram, é esperem, porque esta simpatia, é simpatia que funciona mesmo. Obrigada por ganhar meu homem de volta e por afastar minha rival.”

“Obrigada sr. bomfeiticeiro, fiz a amarração e deu resultado, meu amor voltou para mim e prometeu que vai deixar a amante e ficar comigo e com nossos filhos. Que Deus lhe de muita saude e sabedoria para ir ajudando quem necessita.”

“Senhor BomFeiticeiro muito obrigada por me ensinar esta amarração. Obrigada mesmo porque ela funcionou e ganhei meu marido de volta e ele diz que não volta para a outra vagabunda.”

“Pessoal! Façam esse ritual como descrito e com todos os “apetrechos” pertinentes que terão resultado! Fiz na lua cheia passada e neste último sábado a pessoa que amo voltou para casa e o mais incrível: sem que eu desse nenhum telefonema e nem a procurasse, acordei com as batidas na porta logo de manhã bem cedo. Agora estamos bem e juntas novamente. Foi realmente incrível!!! Pensei que precisaria repetir nesta lua cheia agora, mas não precisarei, pois já obtive o resultado! Façam, pois funciona mesmo!!!”

A todos que deixaram o seu depoimento, muito obrigado! Foi um prazer poder ajudar.
Se alguem não deu o seu depoimento, pedia que desse. Não custa nada e motiva bastante todas as pessoas que estão à espera de resultados.

Várias pessoas me perguntaram porque é que esta amarração funciona. A razão é a seguinte:

Esta amarração foi criada com base em conhecimento muito antigo de uma prática chamada Kabbalah e dos seus grimórios antigos. Esta é a forma de magia mais poderosa que um homem pode dominar.

Queria também agradecer a todas as pessoas que comentaram para tirar as suas dúvidas, pois também contribuiram para tirar as mesmas dúvidas que outros leitores tinham. Se tiver alguma dúvida(ou quiser partilhar alguma coisa com a comunidade Bom Feiticeiro, já sabe, comente!
Os comentários aos quais ainda não respondi serão respondidos brevemente.

Felicidades a todos.

Amarração explicada incluindo as dúvidas dos leitores.

Como existiam ainda bastantes dúvidas a respeito desta amarração, resolvi reescreve-la para esclarecer todos os pontos a respeito do que faz e como se faz.
A razão pela qual dou tanto ênfase a esta amarração é o facto de ser uma das amarrações mais poderosas que conheço e que resultou  sempre que bem feita, por isso leia o texto seguinte com atenção.

Antes de mais, convém definir o objectivo desta amarração.

Como tinha dito antes,  esta amarração é uma conjura de poderes para persuadir um homem ou uma mulher a desejar a pessoa que faz o feitiço. Não falo do desejo romântico, é mais um desejo do tipo que uma pessoa esfomeada tem por uma refeição. Isto não é uma simpatia de amor, mas sim um feitiço de conjura e controlo, uma amarração.

Para amarrar uma pessoa através desta amarração, não precisa de ter tido um relacionamento amoroso com ela.

Os materiais necessários são os seguintes:

* 2 Velas negras;
* Papel e caneta;
* Uma fotografia, ou outra imagem, da pessoa a “amarrar”;
* Incenso de Olíbano (preferencialmente Olíbano da Somália);
* Sal (não importa se fino ou refinado, desde que seja sal);
* Pequeno caldeirão ou recipiente de metal (tem de ser de metal);
* Isqueiro ou caixa de fósforos(ou outra coisa semelhante, para acender as velas e o incenso);

Qualquer um destes materiais é muito importante para a realização da amarração e não pode ser trocado por outro.

O ritual deve ser realizado na noite de lua cheia, caso contrário perderá muita da sua força, podendo demorar muito mais tempo a fazer efeito ou até não fazer efeito.

Próximas fases de Lua Cheia:
(2008)
21 de Março
20 de Abril
20 Maio
18 Junho
18 Julho
16 Agosto
15 Setembro
14 Outubro
13 Novembro
12 Dezembro

A amarração pode ser feita dentro ou fora de casa.

Deve fazer o seguinte:

Primeiro, prepare o altar com:

# Duas velas negras;
# Um papel com o nome da pessoa que quer prender;
# Uma fotografia da pessoa que quer prender;
# Incenso de Olíbano;

De seguida, acenda as velas e o incenso de Olíbano.

Enquanto o incenso está a queimar, aproveite para traçar o círculo mágico, com o sal. Comece no Norte e vá traçando o círculo no sentido dos ponteiros do relógio ( Norte – Este – Sul – Oeste – Norte).
Só você deve ficar dentro do círculo, o altar deve ficar de fora, mas ao alcance das suas mãos.

Quando acabar de traçar o círculo, ponha-se no centro dele e diga:
“Eu saúdo-vos e conjuro-vos,

Ó linda Lua, ó estrela mais bela, ó luz brilhante que tenho na mão.

Pelo ar que respiro, pelo sopro que existe em mim, pela terra em que estou a tocar:

Eu conjuro-vos. Pelos nomes secretos dos príncipes dos espíritos que existem em vós.

Pelo nome secreto Tetragrammaton e por todos os outros nomes de poder, eu conjuro-vos. Por ti, Ó resplandecente Anjo Gabriel, com o planeta Mercúrio, Príncipe, Miguel, Michael, e Melchidael, eu conjuro-vos!

Eu vos conjuro novamente, por todos os nomes secretos de Tetragrammaton, para que envies os teus poderes para oprimir, torturar e assediar o corpo, mente e alma de [nome da pessoa desejada aqui], ele(ela) cujo nome aqui esta escrito, (segure o papel) para que ele(ela) venha até mim e concorde de livre vontade com os meus desejos, nunca mais gostando ou amando alguém no mundo que não eu, enquanto eu assim o desejar.”

De seguida, em cima do altar, queime a fotografia e o papel num caldeirão ou similar, junto com o que resta do incenso de Olíbano (que pode ser partido para queimar mais rápido).

Continue, dizendo:

“Que ele (ela) comece agora a sentir a tortura da minha ausência!

Vai! Vai de uma vez! Vai Melchidael, Baresches, Zazel, Firiel, Malcha, e todos aqueles que estão convosco!

Eu conjuro-vos pelo grande Tetragrammaton para fazer o que quero, ou, pelo poder, eu vos mando embora, ou para o abismo.

Obedeçam à minha vontade e eu prometo soltar-vos para voltarem para o vosso lar nas regiões onde habitam.”

De seguida, apague as velas e o círculo, limpando o sal no sentido inverso ao dos ponteiros do relógio.

Deve deitar, para melhores resultados, o sal, as velas e as cinzas em água corrente (rio, mar). Em alternativa, deite no lixo.
O recipiente de metal deve ser lavado para ser reutilizado.

É importante que nem sequer pense que esta amarração vai falhar, porque não vai.

Se bem-feita, nunca falha. Veja, na sua mente, você e o seu amor, de novo reunidos e felizes. Quando isso acontecer, e acontecerá, pense para si “estão livres” – é importante que não se esqueça de o fazer.

Se fez tudo bem, os resultados podem ser visíveis em apenas algumas horas, ou em algumas semanas, nos casos mais difíceis (chegando a demorar um mês para que os resultados apareçam, depende da pessoa a ser amarrada).

Caso se falhe algum pormenor, só se deve repetir a amarração numa lua cheia posterior (um ciclo lunar depois, pelo menos).

É vital que se sigam todos os procedimentos como descrito, ou poderão ocorrer resultados diferentes do esperado.

Cumprimentos,

Bom Feiticeiro.

Amarração “para prender a pessoa que deseja” – Explicação passo-a-passo.

Após vários pedidos, resolvi fazer um guia especial e detalhado a respeito da mágica “para prender a pessoa que deseja”, que é basicamente uma amarração.

A respeito de materiais, devem ter à mão:

  • 2 Velas negras;
  • Papel e caneta;
  • Uma fotografia, ou outra imagem, da pessoa a “amarrar”;
  • Incenso de Olíbano (preferencialmente Olíbano da Somália);
  • Sal;
  • Pequeno caldeirão ou recipiente de metal;
  • Isqueiro ou caixa de fósforos;

Reforço só que este feitiço é uma conjura de poderes para persuadir um homem ou uma mulher a desejar a pessoa que faz o feitiço. Não falo do desejo romântico, é mais um desejo do tipo que uma pessoa esfomeada tem por uma refeição. Isto não é uma simpatia de amor, mas sim um feitiço de conjura e controlo, ou uma amarração, se preferirem.

Numa lua cheia, prepare o altar, que deverá ter:

  • Duas velas negras;
  • Um papel com o nome da pessoa que quer prender;
  • Uma fotografia da pessoa que quer prender;
  • Incenso de Olíbano;

Seguidamente acenda as velas e o incenso de Olíbano.

Enquanto o incenso está a queimar, aproveite para traçar o círculo mágico, com o sal. Comece no Norte e vá traçando o círculo no sentido dos ponteiros do relógio ( Norte – Este – Sul – Oeste – Norte).

Quando acabar de traçar o círculo, ponha-se no centro dele e diga:

“Eu saúdo-vos e conjuro-vos,

Ó linda Lua, ó estrela mais bela, ó luz brilhante que tenho na mão.

Pelo ar que respiro, pelo sopro que existe em mim, pela terra em que estou a tocar:

Eu conjuro-vos. Pelos nomes secretos dos príncipes dos espíritos que existem em vós.

Pelo nome secreto Tetragrammaton e por todos os outros nomes de poder, eu conjuro-vos. Por ti, Ó resplandecente Anjo Gabriel, com o planeta Mercúrio, Príncipe, Miguel, Michael, e Melchidael, eu conjuro-vos!

Eu vos conjuro novamente, por todos os nomes secretos de Tetragrammaton, para que envies os teus poderes para oprimir, torturar e assediar o corpo, mente e alma de [nome da pessoa desejada aqui], ele(ela) cujo nome aqui esta escrito, (segure o papel) para que ele(ela) venha até mim e concorde de livre vontade com os meus desejos, nunca mais gostando ou amando alguém no mundo que não eu, enquanto eu assim o desejar.”

De seguida, queime a fotografia e o papel num caldeirão ou similar, junto com o que resta do incenso de Olíbano.

Continue, dizendo:

“Que ele (ela) comece agora a sentir a tortura da minha ausência!

Vai! Vai de uma vez! Vai Melchidael, Baresches, Zazel, Firiel, Malcha, e todos aqueles que estão convosco!

Eu conjuro-vos pelo grande Tetragrammaton para fazer o que quero, ou, pelo poder, eu vos mando embora, ou para o abismo.

Obedeçam à minha vontade e eu prometo soltar-vos para voltarem para o vosso lar nas regiões onde habitam.”

De seguida, apague as velas e o círculo, limpando o sal no sentido inverso ao dos ponteiros do relógio.

É importante que nem sequer pense que esta amarração vai falhar, porque não vai.

Se bem-feita, nunca falha. Veja, na sua mente, você e o seu amor, de novo reunidos e felizes. Quando isso acontecer, e acontecerá, pense para si “estão livres” – é importante que não se esqueça de o fazer.

Espero que o texto da amarração seja esclarecedor o suficiente, qualquer dúvida, comentem.

Cumprimentos,

Bom Feiticeiro.