Conselhos práticos para fazer uma simpatia ou feitiço

Neste artigo, irei escrever sobre este tema, porque na minha vida de experiencia feita, assim como nos antigos livros que li, tomei conhecimento de muitos conselhos práticos para fazer magia. Conhecimento que muita gente desconhece, tendo por isso consequências negativas na prática de feitiçaria que branca quer negra. Muitas pessoas que fazem simpatias ou feitiços pela primeira vez, logo se frustram porque estes não lhe dão o resultado desejado. Muitas vezes não se dão conta dos erros que cometem ao fazer uma oração, simpatia e feitiço. Muitas vezes não fazem a melhor simpatia, feitiço ou oração para o seu caso, por isso não conseguem bons resultados.

Em primeiro lugar por exemplo, um feitiço de adoçamento, é como diz a palavra para adoçar uma pessoa. É feito para adoçar e suavizar o signo de uma pessoa nossa conhecida com quem temos intimidade no dia-a-dia. Recomenda-se por exemplo que seja feito uma simpatia de adoçamento em casais onde exista amor e que por exemplo tenham brigado e discutido, podendo por vezes o outro parceiro da nossa relação amorosa um pouco de mau carácter e briguento. Não se recomenda esta simpatia para casos em que exista um afastamento com muito tempo entre as duas pessoas, em caso de separação ou divórcio por exemplo, neste caso este tipo de ritual não funciona. Podem e devem por exemplo fazer uma oração ou simpatia para adoçar o vosso amor caso se tenham separado há pouco tempo, brigado faz poucos dias, umas semanas, no máximo um mês, e que ainda sentem que tem amor por vocês e que saibam que não existe outra pessoa com uma relação nova com o vosso amor. Então se existir por exemplo já uma grande distância e outra pessoa na vossa relação devem optar claramente por outro ritual ou outros rituais. Por exemplo devem fazer um ritual de afastamento entre casais para separar o vosso ex namorado ou marido da outra e só depois fazer um feitiço de amarração.

Em segundo lugar, antes de fazer qualquer feitiço de amor, seja de magia branca ou outro qualquer ritual de retorno, devem sempre limpar a vossa áurea assim como a áurea da pessoa a quem se destina o ritual. Devem sempre tomar três banhos de sal de noite, antes de fazer um ritual de amor. Assim terão sonhos seguidos puros essenciais à prática da magia do amor. Para limpar a áurea de quem se destina o vosso ritual de magia, devem por exemplo passar um ovo por cima da fotografia dessa pessoa e depois passam um amuleto de coração cigano. Devem também limpar o lugar onde irão fazer o feitiço (adoçamento, de aproximação ou de retorno da pessoa amada). Devem comprar roupas novas brancas, estarem limpas, terem tomado um banho e posteriormente tomar um banho de sal (deitar sal grosso por cima das vossas cabeças, ficando com o corpo completamente despido, sem qualquer metal, devem retirar anéis, brincos, pulseiras, fios), depois varrer o sal e colocar fora do local onde se irá praticar o ritual mágico. Devem usar um incenso para limpar o local onde se irá realizar o ritual, pode ser um incenso de sândalo ou de olibano. Devem abrir as portas e as janelas do local a purificar de más influências e espíritos para ventilar o local após a queima do incenso. Devem depois limpar o chão do local, passando um pano com água e um pouco de vinagre ou um detergente natural. Se existirem móveis devem os limpar retirando todo o pó. Os panos a serem usados nas limpezas devem ser novos sempre. Devem primeiro limpar o local e depois tomarem os banhos indicados anteriormente, nunca fazer o oposto. Uma vez que está limpa, assim como o local também está limpo, pode proceder à realização do ritual.

Outra coisa que vejo muito nas pessoas que praticam magia sem terem grandes conhecimentos e pouca experiencia, é nunca guardarem segredo do feitiço ou simpatia que realizaram. Esta regra é muito importante, quando se pratica magia, quer ela seja branca ou negra, a primeira regra é nunca se contar o que se fez, segredo sempre! Basta contarem a alguém, mesmo a vossa melhor amiga ou amigas, e ela ficar com pensamentos negativos sobre a sua simpatia, para fazer que esta tenha efeito. Por isso não devem contar, tão pouco avisar que vão fazer esta ou aquela simpatia. Fazem e calam-se, se mais alguém participar no ritual, também deve guardar segredo, evitando comentar com você o que foi feito. O ideial é você nunca ter testemunhas quando fizer um ritual.

Evitem sempre fazer rituais de magia negra para desfazer um casal para terem de volta uma pessoa. Um feitiço de magia negra, nunca é inócuo principalmente quando existe amor entre as pessoas a serem separadas, lembre-se essas pessoas tem anjos da guarda, e você pode sofrer um revés e perder o seu amor para sempre. Em alguns casos, caso esse casal tenha um feitiço de proteção, você estará perdendo o seu tempo e poderá mesmo ser penalizada com um efeito negativo, podendo ser infeliz ao amor por algum tempo como consequência de ter feito magia negra num casal protegido por magia branca.

Nunca fazer um feitiço ou simpatia de aproximação, adoçamento, atração ou retorno na Lua em fase minguante. Fazer sempre em Lua cheia de preferência a uma Sexta-feira. Assim terão mais chances de adoçar e aproximar e amansar o coração da pessoa que vocês amam.

 Para dar mais força a um ritual deste tipo, podem prender rosas perfumadas à foto dele, ou usar um perfume natural de rosas em vossas mãos quando pegarem a foto dele. Nunca esquecer da visualização, visualizem sempre o que querem durante a realização da simpatia ou feitiço.

Nunca façam outros feitiços com o mesmo intento. Se fizeram um feitiço, dêem tempo para ele se realizar, não façam logo outro. Se fizerem dois feitiços ao mesmo tempo, um pode interferir com o outro e por fim terem os dois efeito nulo, porque bloquearam e reduziram as energias produzidas pelos feitiços. No mínimo esperem 21 dias para realizar um novo feitiço com o mesmo objetivo. Tenham paciência, esperem sempre, só depois devem avançar para outro feitiço caso o primeiro não resulte.

Espero que lhes tenha dado bons conselhos, e se o feitiço falhar, lembre-se que a experiencia também tem importância, a próxima vez que fizer um feitiço, estará mais segura de si mesma e irá correr melhor.

E por último, nunca façam feitiços por fazerem, quando fizerem tem que acreditar e saberem que o feitiço a realizar se adequa ao que desejam. Um feitiço não serve para todos os casos. Antes de fazer um feitiço devem em primeiro lugar terem usado todas as armas femininas que tem. Conversem com o vosso homem, devem o tentar seduzir, se não resultar recorram à feitiçaria, mas lembrem-se que só se devem usar feitiços para casos especiais e nunca se deve abusar da feitiçaria.

Amarração amorosa para ter a pessoa amada

Esta amarração é muito antiga. Faça e veja como é infalível. Esta amarração pode ser feita por você também, que não tem nada com a pessoa por si amada, e por você que foi rejeitada ou abandonada.

 

Materiais e ingredientes necessários à realização desta amarração:

 

1 Folha de papel branca virgem (não escrita);

Incenso de Olibano da Somália;

3 Velas de Cera de Mel de Abelha Pura;

1 Taça nova de cristal ou de vidro transparente (nunca dantes usada) com Vinho Tinto;

1 Moeda corrente dourada (nova) de qualquer valor;

1 Punhado dos seus cabelos ou pêlos, assim como do seu companheiro ou companheira;

Tinta-da-china preta e vermelha (para simbolizar o sangue);

Nardo para queimar (não serve o óleo);

Incenso do puro nardo asiático;

Sal de Israel, se não tiver como obter sal de Israel, deverá usar Sal grosso comum, mas deve o levar num saco a uma igreja e rezar com ele 7 vezes nas mãos e salpicar o saco 7 vezes com água benta para o purificar.

 

 

Agora deve fazer o seguinte Ritual:

Recorte a folha em formato de triângulo, depois com o seu dedo anelar da mão esquerda assine seu nome com a tinta-da-china vermelha simbolizando o seu próprio sangue, em baixo de sua assinatura, escreva o nome da pessoa destinada a ser amarrada também com tinta-da-china vermelha. Depois vire o triângulo de forma a ficar com os nomes virados para o chão, na parte em que a cartolina está branca, deve acender em cada ponta uma vela de mel de abelha pura. No centro do triângulo coloque a taça de vinho com a moeda dourada e um punhado de seu cabelo ou pêlo com os cabelos ou pêlos da pessoa a ser amarrada. Ao lado deverá colocar o incenso de olibano para queimar. Faça um círculo de proteção (ao desenhar o circulo faça-o seguindo o sentido dos ponteiros do relógio) com o Sal de Israel à volta de todos os materiais dispostos no chão e entre dentro do círculo, durante a realização deste ritual não deverá sair dentro do círculo. Neste momento deverá fazer a invocação com uma voz altiva e firme, ordenando os espíritos dos anjos para que trabalhem em seu favor:

 

Invocação:

É verdade, sem mentira, certo e muito verdadeiro. O que está em baixo é como o que está em cima e o que está em cima é como o que está em baixo, para realizar os milagres de uma coisa única. Assim como todas as coisas foram e procedem do Um, pela mediação do Um, assim todas as coisas nasceram desta coisa única, por adaptação. O Sol é seu pai, a Lua é sua mãe, o vento o trouxe no seu ventre; a Terra o alimenta; o pai de tudo, o Thelesma de todo o mundo, está aqui. A sua força permanece inteira quando se converte em terra. Separarás a terra do fogo, o subtil do espesso, suavemente e com grande habilidade; subirá da terra ao céu e de novo descerá à terra, deste modo recebe a força das coisas superiores e inferiores. Por este meio obterás a glória do mundo e toda obscuridade se afastará de ti. É a força forte de toda força, pois vencerá toda coisa subtil e penetrará toda coisa sólida. Assim foi criado o mundo. Disto se farão admiráveis adaptações cujo meio está aqui. Por isso sou chamado Hermes Trismegisto, porque possuo as três partes da sabedoria de todo o mundo. O que eu disse sobre a operação do Sol está completo. Potências do Reino, ficai sob meu pé esquerdo e em minha mão direita!

Glória e Eternidade, tocai meus dois ombros, e dirigi-me nos caminhos da vitória!

Misericórdia e Justiça, sede o equilíbrio e o esplendor de minha vida!

Espíritos de Malchuth, conduzi-me entre as duas colunas, sobre as quais se apoia todo o edifício do Templo!

Anjos de Netzah e de Hod, firmai-me sobre a Pedra Cúbica de Iesod!

Ó Gedulael! Ó Geburael! Ó Thiphereth! Binael! Sê meu Amor!

Ruach Ocmael, sê minha Luz!

Sê o que fostes, o que és, e o que serás, ó Ketheriel!

Ischim, assisti-me em nome de Shadai!

Kerubim, sede minha força, em nome de Adonai!

Beni Elohim, sede meus irmãos, em nome do Filho e pela Virtude de Sabaoth!

Elohim, combatei por mim em nome do Tetragrama!

Malahim, protegei-me em nome de Iaveh!

Seraphim, purificai meu amor, em nome de Eloha!

Hasmalim, iluminai-me com o esplendor de Elohim e da Shekinah!

Aralim, agi!

Ophanim, girai, resplandecei!

Forças Santas, turbilhonai, clamai, espalhai as virtudes divinas!

Kadosh! Kadosh! Kadosh! Shadai! Adonai! Iotchavah Eiazerieth! Halleluiah! Halleluiah! Halleluiah espírito angélico de Furufur por todos estes santos nomes, obedeçam-me e façam-me (Nota: deve fazer o seu pedido de forma imperativa. Por exemplo: que fulano/a venha a mim muito mais amoroso/a, submisso, que aceite os meus desejos de livre e espontânea vontade sem conseguir resistir). Prometo que assim que conseguir o que quero, eu vos liberto, desde que seja muito rápido, em horas ou dias, que assim seja.

 

Terminada a invocação apague o incenso de olibano e queime o nardo, após terminar tudo, apague as velas com os dedos, pegue o triângulo e enterre em um vaso com uma muda da flor trombeta de anjo. Se não tiver a muda de trombeta de anjo, coloque outra muda (o ideal é a trombeta de anjo) após enterrar despeje o vinho, guarde a moeda com você (sem entrar em contato com outros metais ou moedas, o ideal é guardar a moeda dentro de um pequeno saco de veludo). Deverá utilizar o resto não utilizado do sal de Israel para tomar um banho (com água morna) no terceiro dia após ter feito esta amarração, rezando o Salmo 30. Os restos do sal usado para fazer o círculo de proteção deverão ser deitados fora em águas correntes de preferência.

 

Poderá repetir este ritual, por isso, depois do ritual feito apague as velas, guarde-as em um lugar sem luz e faça esta invocação acendendo as três em forma de triângulo com o incenso e repita o ritual de amarração quando necessitar de reforçar o poder deste feitiço de amarração.

Amarração Amorosa de São Cipriano com bonecos

Esta amarração amorosa de São Cipriano é das amarrações mais trabalhosas, mas no entanto quando bem feita consegue ter uma boa taxa de sucesso.

Para fazer este trabalho de magia amorosa, deve em primeiro lugar fazer dois bonecos, (um boneco e uma boneca, deve distinguir os sexos colocando cabelos longos, saia ou calças, barbas, pode mesmo desenhar o formato do sexo entre as pernas do boneco, se for um casal gay os bonecos deverão ter o mesmo sexo), quais deverão ser feitos em pano de fibra de origem natural vegetal de preferência (linho ou algodão) e enchidos com rama de algodão ou outro pano de origem vegetal. Tente usar sempre panos virgens brancos ou claros. Faça bem os bonecos, borde-lhes ou desenhe-lhes as suas caraterísticas devendo ser estas o mais fiel quanto possível, por exemplo se a pessoa a amarrar tiver cabelo louro deverá pintar a cabeça do boneco de cor amarela, com tinta com pigmentos naturais, poderá por exemplo tingir a parte de cima com uma mistura de açafrão e água. No interior de cada boneco deverá colocar cabelos ou pêlos (do corpo ou púbicos) das pessoas que deseja que sejam amarradas. Poderá facilmente recolher estes materiais na escova que o seu amante, namorado ou marido usam para se pentearem, também pode encontrar pêlos na banheira ou no sabonete que o seu companheiro usa. Também se pode oferecer para lhe cortar o cabelo e guardar os cabelos cortados para depois serem usados na amarração.

Depois deve amarrar bem os dois bonecos com uma corda branca ou clara também de fibra natural até estes ficar bem unidos (amarre bem e envolva com força os bonecos com a linha durante o ritual) como que se estivessem abraçados. Use corda ou linha suficiente para amarrar os bonecos com 7 voltas e faça um nó a cada volta até perfazer 7 nós (deve fazer isto quando tiver a recitar o texto seguidamente indicado). Use sempre corda virgem e por isso nunca usada para outra coisa. Caso você queira, poderá comprar um novelo de linha forte, e o benzer com 7 gotas de água benta previamente à execução do trabalho de amarração, pois irá libertar de todas as más energias de partículas de espíritos e restos de outras pessoas (imagine que a dona da retrosaria odeia o seu marido e teve uma discussão com ele no dia em que atendeu você na sua loja e passou com o seu suor presente nas suas mãos maus fluidos e energias para o seu trabalho de magia e assim o arruinar) do material de união. Arranje uma fotografia sua (se for você a pessoa que irá recolher o beneficio deste feitiço) ou uma fotografia de outra pessoa se você for um mero executante deste feitiço, com a fotográfica da pessoa que irá ser amarrada. Junte as fotografias (a cores e recentes de preferência) de frente para a frente como se estivessem a beijar na boca entre os bonecos com a fotografia à frente do seu respectivo boneco.

Deve dizer as seguintes palavras olhando nos olhos o boneco da pessoa que você deseja amarrar e enfeitiçar com o seu amor:

”Eu sou poderosa (ou poderoso se você for homem), eu te prendo e te amarro em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, do Padre, do Filho e do Espírito Santo e de São Cipriano, para que de baixo deste imenso santo poder, não consigas comer, nem beber, e que não possas estar em parte alguma deste mundo sem que estejas em minha companhia (deverá citar o nome da pessoa que quer enfeitiçar com esta amarração). Eu (deve citar o seu nome), aqui te prendo e te amarro (deve indo amarrando os bonecos com a linha agora, 7 voltas com um nó a cada volta e com as fotografias no meio), assim como prenderam o Nosso Senhor Jesus Cristo na madeira de cedro da santa cruz, e não terás descanso, enquanto não venhas para mim, terás tormentos e angústia constantes como têm as almas que estão no fogo do Purgatório a penar continuamente pelos pecados do nosso mundo, e como o vento no ar, as ondas do mar sempre em contínuo e perpétuo movimento, como a maré sempre a encher e a vazar, como o Sol que tem que nascer todas as manhãs no monte e se pôr todas as tardes no mar. Será esse o descanso que eu te ordeno e te dou enquanto para mim não vieres com todo o teu coração, tua alma, teu corpo e vida, debaixo da santa pena de obediência e dos preceitos superiores divinos, irás ficar preso e amarrado a mim para sempre, assim como ficam estes bonecos amarrados e atados um ao outro.”

Depois de dito isto dê o sétimo e último nó nos bonecos. E ponha-os dentro de um saco vermelho ou rosa de pano e os leve para casa. Deverá fazer este ritual de amarração depois da meia-noite em noites de Lua Crescente por 7 dias consecutivos até à Lua ficar cheia. A cada repetição deste ritual adicione uma linha nova sem nunca retirar as anteriormente colocadas. Deve guardar os bonecos numa gaveta escondida e só os retirar para fazer este ritual de noite. Como preparação para este ritual deverá vestir-se de branco, tomar banho e queimar um incenso em grão para atrair boas energias. Esta amarração amorosa quando feita com fé e observando todos os requisitos e procedimentos indicados será muito forte e poderosa e grande auxiliar de você conseguir amarrar o seu amor a si sem mais retorno. Os bonecos deverão ficar escondidos numa parte da casa onde você dorme (poderá ser no seu quarto). Este trabalho de amarração deverá ser feito de preferência pela pessoa que irá recolher os benefícios da mesma.

Amarração “para prender a pessoa que deseja” – Explicação passo-a-passo.

Após vários pedidos, resolvi fazer um guia especial e detalhado a respeito da mágica “para prender a pessoa que deseja”, que é basicamente uma amarração.

A respeito de materiais, devem ter à mão:

  • 2 Velas negras;
  • Papel e caneta;
  • Uma fotografia, ou outra imagem, da pessoa a “amarrar”;
  • Incenso de Olíbano (preferencialmente Olíbano da Somália);
  • Sal;
  • Pequeno caldeirão ou recipiente de metal;
  • Isqueiro ou caixa de fósforos;

Reforço só que este feitiço é uma conjura de poderes para persuadir um homem ou uma mulher a desejar a pessoa que faz o feitiço. Não falo do desejo romântico, é mais um desejo do tipo que uma pessoa esfomeada tem por uma refeição. Isto não é uma simpatia de amor, mas sim um feitiço de conjura e controlo, ou uma amarração, se preferirem.

Numa lua cheia, prepare o altar, que deverá ter:

  • Duas velas negras;
  • Um papel com o nome da pessoa que quer prender;
  • Uma fotografia da pessoa que quer prender;
  • Incenso de Olíbano;

Seguidamente acenda as velas e o incenso de Olíbano.

Enquanto o incenso está a queimar, aproveite para traçar o círculo mágico, com o sal. Comece no Norte e vá traçando o círculo no sentido dos ponteiros do relógio ( Norte – Este – Sul – Oeste – Norte).

Quando acabar de traçar o círculo, ponha-se no centro dele e diga:

“Eu saúdo-vos e conjuro-vos,

Ó linda Lua, ó estrela mais bela, ó luz brilhante que tenho na mão.

Pelo ar que respiro, pelo sopro que existe em mim, pela terra em que estou a tocar:

Eu conjuro-vos. Pelos nomes secretos dos príncipes dos espíritos que existem em vós.

Pelo nome secreto Tetragrammaton e por todos os outros nomes de poder, eu conjuro-vos. Por ti, Ó resplandecente Anjo Gabriel, com o planeta Mercúrio, Príncipe, Miguel, Michael, e Melchidael, eu conjuro-vos!

Eu vos conjuro novamente, por todos os nomes secretos de Tetragrammaton, para que envies os teus poderes para oprimir, torturar e assediar o corpo, mente e alma de [nome da pessoa desejada aqui], ele(ela) cujo nome aqui esta escrito, (segure o papel) para que ele(ela) venha até mim e concorde de livre vontade com os meus desejos, nunca mais gostando ou amando alguém no mundo que não eu, enquanto eu assim o desejar.”

De seguida, queime a fotografia e o papel num caldeirão ou similar, junto com o que resta do incenso de Olíbano.

Continue, dizendo:

“Que ele (ela) comece agora a sentir a tortura da minha ausência!

Vai! Vai de uma vez! Vai Melchidael, Baresches, Zazel, Firiel, Malcha, e todos aqueles que estão convosco!

Eu conjuro-vos pelo grande Tetragrammaton para fazer o que quero, ou, pelo poder, eu vos mando embora, ou para o abismo.

Obedeçam à minha vontade e eu prometo soltar-vos para voltarem para o vosso lar nas regiões onde habitam.”

De seguida, apague as velas e o círculo, limpando o sal no sentido inverso ao dos ponteiros do relógio.

É importante que nem sequer pense que esta amarração vai falhar, porque não vai.

Se bem-feita, nunca falha. Veja, na sua mente, você e o seu amor, de novo reunidos e felizes. Quando isso acontecer, e acontecerá, pense para si “estão livres” – é importante que não se esqueça de o fazer.

Espero que o texto da amarração seja esclarecedor o suficiente, qualquer dúvida, comentem.

Cumprimentos,

Bom Feiticeiro.

Feitiço de Amarração para prender a pessoa que deseja.

Este feitiço é uma conjura de poderes para persuadir um homem ou uma mulher a desejar a pessoa que faz o feitiço. Por desejo, não falo do desejo romântico, é mais um desejo do tipo que uma pessoa esfomeada tem por uma refeição. Isto não é uma simpatia de amor, mas sim um feitiço de conjura e controlo.

A conjura.

Numa lua cheia, á meia-noite, acenda duas velas negras. Escreva o nome da pessoa a ser invocada num pedaço de papel, e coloque-o no altar juntamente com uma fotografia ou outra imagem da pessoa desejada. Queime algum incenso de Olíbano. Quando o incenso de Olíbano estiver a queimar, diga dentro do círculo:

Eu saúdo-vos e conjuro-vos,

Ó linda Lua, ó estrela mais bela, ó luz brilhante que tenho na mão.

Pelo ar que respiro, pelo sopro que existe em mim, pela terra em que estou a tocar:

Eu conjuro-vos. Pelos nomes secretos dos príncipes dos espíritos que existem em vós.

Pelo nome secreto Tetragrammaton e por todos os outros nomes de poder, eu conjuro-vos. Por ti, Ó resplandecente Anjo Gabriel, com o planeta Mercúrio, Príncipe, Miguel, Michael, e Melchidael, eu conjuro-vos!

Eu vos conjuro novamente, por todos os nomes secretos de Tetragrammatron, para que envies os teus poderes para oprimir, torturar e assediar o corpo, mente e alma de [nome da pessoa desejada aqui], ele(ela) cujo nome aqui esta escrito, (segure o papel) para que ele(ela) venha até mim e concorde de livre vontade com os meus desejos, nunca mais gostando ou amando alguém no mundo que não eu, enquanto eu assim o desejar.

Queime a fotografia e o papel num caldeirão ou similar, junto com o incenso de Olíbano.

Que ele (ela) comece agora a sentir a tortura da minha ausência!

Vai! Vai de uma vez! Vai Melchidael, Baresches, Zazel, Firiel, Malcha, e todos aqueles que estão convosco!

Eu conjuro-vos pelo grande Tetragrammaton para fazer o que quero, ou, pelo poder, eu vos mando embora, ou para o abismo.

Obedeçam à minha vontade e eu prometo soltar-vos para voltarem para o vosso lar nas regiões onde habitam.

Apague as velas e feche o círculo.