Amarração Amorosa de São Cipriano com bonecos

Esta amarração amorosa de São Cipriano é das amarrações mais trabalhosas, mas no entanto quando bem feita consegue ter uma boa taxa de sucesso.

Para fazer este trabalho de magia amorosa, deve em primeiro lugar fazer dois bonecos, (um boneco e uma boneca, deve distinguir os sexos colocando cabelos longos, saia ou calças, barbas, pode mesmo desenhar o formato do sexo entre as pernas do boneco, se for um casal gay os bonecos deverão ter o mesmo sexo), quais deverão ser feitos em pano de fibra de origem natural vegetal de preferência (linho ou algodão) e enchidos com rama de algodão ou outro pano de origem vegetal. Tente usar sempre panos virgens brancos ou claros. Faça bem os bonecos, borde-lhes ou desenhe-lhes as suas caraterísticas devendo ser estas o mais fiel quanto possível, por exemplo se a pessoa a amarrar tiver cabelo louro deverá pintar a cabeça do boneco de cor amarela, com tinta com pigmentos naturais, poderá por exemplo tingir a parte de cima com uma mistura de açafrão e água. No interior de cada boneco deverá colocar cabelos ou pêlos (do corpo ou púbicos) das pessoas que deseja que sejam amarradas. Poderá facilmente recolher estes materiais na escova que o seu amante, namorado ou marido usam para se pentearem, também pode encontrar pêlos na banheira ou no sabonete que o seu companheiro usa. Também se pode oferecer para lhe cortar o cabelo e guardar os cabelos cortados para depois serem usados na amarração.

Depois deve amarrar bem os dois bonecos com uma corda branca ou clara também de fibra natural até estes ficar bem unidos (amarre bem e envolva com força os bonecos com a linha durante o ritual) como que se estivessem abraçados. Use corda ou linha suficiente para amarrar os bonecos com 7 voltas e faça um nó a cada volta até perfazer 7 nós (deve fazer isto quando tiver a recitar o texto seguidamente indicado). Use sempre corda virgem e por isso nunca usada para outra coisa. Caso você queira, poderá comprar um novelo de linha forte, e o benzer com 7 gotas de água benta previamente à execução do trabalho de amarração, pois irá libertar de todas as más energias de partículas de espíritos e restos de outras pessoas (imagine que a dona da retrosaria odeia o seu marido e teve uma discussão com ele no dia em que atendeu você na sua loja e passou com o seu suor presente nas suas mãos maus fluidos e energias para o seu trabalho de magia e assim o arruinar) do material de união. Arranje uma fotografia sua (se for você a pessoa que irá recolher o beneficio deste feitiço) ou uma fotografia de outra pessoa se você for um mero executante deste feitiço, com a fotográfica da pessoa que irá ser amarrada. Junte as fotografias (a cores e recentes de preferência) de frente para a frente como se estivessem a beijar na boca entre os bonecos com a fotografia à frente do seu respectivo boneco.

Deve dizer as seguintes palavras olhando nos olhos o boneco da pessoa que você deseja amarrar e enfeitiçar com o seu amor:

”Eu sou poderosa (ou poderoso se você for homem), eu te prendo e te amarro em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, do Padre, do Filho e do Espírito Santo e de São Cipriano, para que de baixo deste imenso santo poder, não consigas comer, nem beber, e que não possas estar em parte alguma deste mundo sem que estejas em minha companhia (deverá citar o nome da pessoa que quer enfeitiçar com esta amarração). Eu (deve citar o seu nome), aqui te prendo e te amarro (deve indo amarrando os bonecos com a linha agora, 7 voltas com um nó a cada volta e com as fotografias no meio), assim como prenderam o Nosso Senhor Jesus Cristo na madeira de cedro da santa cruz, e não terás descanso, enquanto não venhas para mim, terás tormentos e angústia constantes como têm as almas que estão no fogo do Purgatório a penar continuamente pelos pecados do nosso mundo, e como o vento no ar, as ondas do mar sempre em contínuo e perpétuo movimento, como a maré sempre a encher e a vazar, como o Sol que tem que nascer todas as manhãs no monte e se pôr todas as tardes no mar. Será esse o descanso que eu te ordeno e te dou enquanto para mim não vieres com todo o teu coração, tua alma, teu corpo e vida, debaixo da santa pena de obediência e dos preceitos superiores divinos, irás ficar preso e amarrado a mim para sempre, assim como ficam estes bonecos amarrados e atados um ao outro.”

Depois de dito isto dê o sétimo e último nó nos bonecos. E ponha-os dentro de um saco vermelho ou rosa de pano e os leve para casa. Deverá fazer este ritual de amarração depois da meia-noite em noites de Lua Crescente por 7 dias consecutivos até à Lua ficar cheia. A cada repetição deste ritual adicione uma linha nova sem nunca retirar as anteriormente colocadas. Deve guardar os bonecos numa gaveta escondida e só os retirar para fazer este ritual de noite. Como preparação para este ritual deverá vestir-se de branco, tomar banho e queimar um incenso em grão para atrair boas energias. Esta amarração amorosa quando feita com fé e observando todos os requisitos e procedimentos indicados será muito forte e poderosa e grande auxiliar de você conseguir amarrar o seu amor a si sem mais retorno. Os bonecos deverão ficar escondidos numa parte da casa onde você dorme (poderá ser no seu quarto). Este trabalho de amarração deverá ser feito de preferência pela pessoa que irá recolher os benefícios da mesma.

Feitiço de amor para uma amizade virar amor

Para ajudar os fluidos naturais de energia a entrarem em sintonia no campo do amor pode tentar fazer este feitiço de amor. Porque diversas vezes na vida, acontece nos apaixonarmos por uma pessoa nossa amiga, a qual conhecemos perfeitamente. Tanto pode ser um ou uma colega de escola ou faculdade, um ou uma colega de emprego, um vizinho ou uma vizinha, é completamente normal isto acontecer até porque as almas gémeas tendem a se aproximarem naturalmente por força das energias naturais quando se encontram na presença uma da outra. Assim se quer estabelecer um outro tipo de relação, transformando uma relação de amizade numa relação amorosa com uma pessoa que é sua amiga deve fazer o seguinte:

Se você é mulher deve escrever uma carta ardente onde expresse toda a sua paixão que você sente por ele, mas nunca a envie. Depois deve rezar durante três noites frente a uma vela cor-de-rosa diante a qual deverá colocar a carta escrita, assim como queimar incenso de sândalo. Deve fazer uma oração de pedido a um santo casamenteiro (se desejar uma relação mais séria com essa pessoa deve rezar a Santo Antonio) ou dos namorados (deve rezar a São Valentim se apenas desejar ser por enquanto namorada por quem nutre amor). Se você for homem, faça também uma oração de pedido como acima indicado com uma carta onde deve expressar todo o seu amor, mas deve também comprar um presente para ela, o qual deverá ser dado a ela quando se formalizar o namoro entre você e ela. Depois deste feitiço feito, guarde esta carta num envelope perfumado com perfume de rosas entre a sua roupa íntima.

Para melhores resultados este feitiço deverá ser realizado de preferência durante 3 noites de Lua cheia, começando nas 2 noites anteriores ao dia em que a Lua se encontrará completamente cheia. A carta deverá sempre ser escrita em uma folha de papel branco virgem e nunca deverá durante a escrita da mesma riscar palavras ou cometer erros ortográficos. Por isso, primeiro escreva um rascunho da carta e só depois deve passar o texto sem erros alguns para a folha de papel. A carta deverá ser sempre escrita pela sua mão. Evite amarrotar ou machucar a carta, se a tiver que a dobrar, dobre-a sempre a meio e nunca em 3 partes pois isso anula este feitiço de amor (dobrar em três partes poderá atrair uma terceira pessoa para a sua relação). Tente escrever a carta num papel totalmente branco sem listas ou linhas e tente alinhar a sua escrita na horizontal sem nunca entortar as linhas. Quando escrever a carta pense na pessoa que ama e que deseja tanto, depois de escrita visualize o seu amor a sorrir para si. Se você for homem tenha cuidado ao comprar o presente, escolha algo elegante e clássico de bom gosto e que saiba que ela vai gostar de receber, se não souber o que comprar pergunte às amigas dela o que ela gosta, se não conhece ou não tem intimidade suficiente com as amigas dela, peça conselhos sobre presentes a suas amigas, a intuição e experiência de mulher nas compras podem ajudar você a encontrar um presente ideal.

Feitiço de Amarração para prender a pessoa que deseja

Este feitiço é uma conjura de poderes para persuadir um homem ou uma mulher a desejar a pessoa que faz o feitiço. Por desejo, não falo do desejo romântico, é mais um desejo do tipo que uma pessoa esfomeada tem por uma refeição. Isto não é uma simpatia de amor, mas sim um feitiço de conjura e controlo.

A conjura.

Numa lua cheia, á meia-noite, acenda duas velas negras. Escreva o nome da pessoa a ser invocada num pedaço de papel, e coloque-o no altar juntamente com uma fotografia ou outra imagem da pessoa desejada. Queime algum incenso de Olíbano. Quando o incenso de Olíbano estiver a queimar, diga dentro do círculo:

Eu saúdo-vos e conjuro-vos,

Ó linda Lua, ó estrela mais bela, ó luz brilhante que tenho na mão.

Pelo ar que respiro, pelo sopro que existe em mim, pela terra em que estou a tocar:

Eu conjuro-vos. Pelos nomes secretos dos príncipes dos espíritos que existem em vós.

Pelo nome secreto Tetragrammaton e por todos os outros nomes de poder, eu conjuro-vos. Por ti, Ó resplandecente Anjo Gabriel, com o planeta Mercúrio, Príncipe, Miguel, Michael, e Melchidael, eu conjuro-vos!

Eu vos conjuro novamente, por todos os nomes secretos de Tetragrammatron, para que envies os teus poderes para oprimir, torturar e assediar o corpo, mente e alma de [nome da pessoa desejada aqui], ele(ela) cujo nome aqui esta escrito, (segure o papel) para que ele(ela) venha até mim e concorde de livre vontade com os meus desejos, nunca mais gostando ou amando alguém no mundo que não eu, enquanto eu assim o desejar.

Queime a fotografia e o papel num caldeirão ou similar, junto com o incenso de Olíbano.

Que ele (ela) comece agora a sentir a tortura da minha ausência!

Vai! Vai de uma vez! Vai Melchidael, Baresches, Zazel, Firiel, Malcha, e todos aqueles que estão convosco!

Eu conjuro-vos pelo grande Tetragrammaton para fazer o que quero, ou, pelo poder, eu vos mando embora, ou para o abismo.

Obedeçam à minha vontade e eu prometo soltar-vos para voltarem para o vosso lar nas regiões onde habitam.

Apague as velas e feche o círculo.