Simpatia com Poção Mágica para atrair o amor

Ingredientes necessários:

  • 1 caldeirão de ferro fundido;
  • 1 vela de um dia feita de mel;
  • 1 incenso de patchuli;
  • 1 litro de água mineral ou de fonte natural;
  • 8 paus de canela;
  • 8 folhas do pé de cravo;
  • 8 pétalas de rosa cor-de-rosa.

 

Colocar a água a ferver no seu caldeirão de magia. Acenda o incenso e a vela de mel. Quando levantar fervura, ponha dentro do caldeirão os outros ingredientes pela seguinte ordem indicada em primeiro lugar os paus de canela, em 2º lugar as folhas de pé de cravo e por último as pétalas de rosa. Mexa lentamente, em fogo brando, enquanto mentaliza o amor a chegar em sua vida.

Invoque a deusa do amor (pode ser Afrodite ou simplesmente a Deusa do Amor) e peça que lhe cubra de atrativos e poder para que o amor venha até à próxima Lua cheia o mais tardar. Quando o incenso estiver a queimar, apague o lume. Côa o líquido e despeje na calçada da rua em frente da sua casa, à meia-noite e volte para casa sem nunca olhar para trás. Deixe a vela queimar até o fim.

Escolha um vaso com plantas bem bonitas e viçosas (de preferência vermelhas e sempre com flores) e enterre os restos da vela junto com a canela, as folhas e pétalas. Todos os dias, ao nascer da manhã, regue este vaso com um pouquinho de água, repetindo a invocação para a deusa do amor, virada sempre para o Sol. Repita esta magia a cada Lua nova, até atingir o teu objetivo.

Nota:

Esta simpatia deve ser feita de preferência na primeira noite da Lua nova. Use sempre rosas frescas.

Simpatia dos Três Desejos

Materiais necessários:

 

1 Vasilha metálica;

Hortelã;

1 cristal translúcido transparente;

 

Numa vasilha com água morna, coloque um punhado de folhas de hortelã. Esprema bem as folhas até retirar todo o suco, que deve ser misturado à água. Em seguida, mexa a água com o cristal deixando-o no fundo. Quando for mexendo o preparado visualize os três desejos que deseja muito ver realizados. Após tomar o seu banho habitual (de preferência matinal), despeje a poção do pescoço para baixo. Acenda uma vela branca para o seu anjo da guarda e deixa-a queimar num lugar alto e calmo, ao lado de um copo de água (de preferência mineral ou de fonte).

Simpatia cigana da estrela cadente da sorte

O povo cigano ao ser nómada, passou grande parte do seu tempo a viajar, cruzando desertos, navegando mares, percorrendo terras e caminhos e a sua única forma para poder-se orientar durante a noite era o seguindo obedientemente o céu como um guia das estrelas.

Se bem que para quase todos os homens do mundo, ver uma estrela cadente é sinónimo de prosperidade e de bons presságios e augúrios, por isso o ver uma estrela cadente para os ciganos durante a noite é também um bom sinal dos céus, sendo os ciganos os autores desta lenda. Quando um cigano se comove a observar o céu e entende quanto é fugaz essa luz que deseja, se sente contido e protegido porque esta o afasta do escuro e dos espíritos negativos da noite das trevas.

A partir desta poderosa crença, os ciganos começaram a criar anéis e colares com estrelas e em alguns casos gravam também as iniciais dos seus nomes dentro dos amuletos com os quais terão sempre luz na sua vida. Tente sempre ter um amuleto com estrelas e quando ver uma estrela cadente deverá pegar esse amuleto entre as mãos e fazer um pedido dizendo: “Minha boa estrela ilumine meu caminho e me dê força para cumprir o meu desejo”. Nunca conte a ninguém o seu desejo. Se ver outra estrela cadente, reforce o seu pedido caso ele não tenha sido concretizado ou reformule outro caso o seu desejo já se tenha cumprido.

Simpatia cigana de amor do lenço mágico contra a infidelidade

cigana

Para o povo cigano, o lenço representa um elemento protetor, é por isso que frequentemente se vê os ciganos com o seu lenço na cabeça, para conservar as boas ideias, os sonhos e os projetos que tem nas suas mentes.

O lenço evoca a antiga representação do quadrado mágico que estabeleciam quando se reuniam nas suas carroças quando faziam uma fogueira no centro das mesmas. Em torno desse fogo se expressava a vida, ali acontecia a verdadeira magia.

Com a mesma convicção, continuam a realizar um antigo ritual para evitar infidelidades, especialmente quando se apercebem que alguém está a rondar o seu amor para assim o seduzir.

lenço-de-cigana

Os ciganos fazem esta simpatia com o objetivo de fechar o coração e seu desejo sexual do seu companheiro ou companheira perante outras pessoas para além do seu marido ou esposa, ficando assim esse rival que ameaça a sua relação totalmente sem chance de cometer adultério. Para isso amarram a ponta do lenço, que deve ser previamente humedecido com o sangue de um frango, galo ou galinha, a uma peça de roupa usada (contendo suor e odor corporal) do ou da rival, depois deverá o deixar secar quando a Lua estiver em quarto minguante durante a noite, ficando as noites necessárias até a Lua ficar Lua nova (nunca deixar ficar ao relento da noite quando a Lua ficar em quarto crescente). Deverá guardar as peças de roupa dentro de um saco negro de pano até o perigo de infidelidade por parte do ou da rival desaparecer de vossas vidas.

 

Esta simpatia está alicerçada no lenço como elemento ligado à pureza e por consequência à virgindade. No qual em outros tempos se submetia a noiva cigana antes do casamento à prova de verificação da sua virgindade.

Para isso as mulheres mais velhas e casadas ciganas, cuja a família do noivo lhes delegavam mais confiabilidade e reconhecimento de honestidade envolviam algum objeto no lenço e eram encarregadas de o introduzir na vagina da noiva, com o fim de verificar à sua saída a aparição de sangue que representa o rompimento do hímen da noiva.

Ainda que hoje, em algumas comunidades ciganas ainda se praticam um rito similar ao ritual antigo, somente que já não esperam assegurar-se a virgindade, então a mãe introduz o lenço com o dedo dentro dos genitais de sua filha e ao tira-lo a noiva o sacode com total alegria, que também celebra o noivo como símbolo da pureza da mulher com que viverá unido para toda a sua vida.

É certo que nós não ciganos nos surpreendemos com estes costumes do povo cigano, e eles também encontram motivos para se assustarem com alguns dos nossos hábitos modernos. Por isso caso seja o seu marido ou namorado o membro do casal em perigo de cair em tentação e cometer o pecado da infidelidade, poderá substituir o sangue do galo ou galinha pelo sangue do seu período menstrual, pois este terá mais força e poder na execução da finalidade desta simpatia.

Simpatia para descobrir um inimigo que nos possa estar a fazer mal escondido

 

 No terceiro dia de Lua cheia e à meia-noite em ponto, deve-se colocar diante de nós uma caneca ou alguidar com água e conjurar sobre a água tendo a Lua espelhada na superfície da água.

Devemos proferir o seguinte:

Em nome do Deus todo-poderoso, peço que apareça a pessoa que me faz ou fez mal!

Se imediatamente não se formar a imagem na água, o mais provável é que aparecerá nos seus sonhos a figura da pessoa que lhe faz mal, se mesmo assim não aparecer nos seus sonhos, deverá refazer esta simpatia na próxima Lua cheia por três dias seguidos, se ao fim destes três dias não ter sonho algum, poderá ficar descansada que não existem pessoas a fazer-lhe mal.

Este método é muito simples, mas muito eficaz para podermos saber quem nos deseja prejudicar e de esta maneira conseguirmos prevenir e tomar os cuidados necessários para evitar a tentativa de nos causarem mal. Se descobrir que alguém lhe faz, sugiro-lhe ler a nossa categoria de simpatias e feitiços de proteção e fazer por exemplo uma Cruz de São Cipriano contra feitiços e magia negra para se proteger.